GPUs Intel Haswell melhores 400% do que os Sandy Bridge

 

 

 

Os gráficos integrados da Intel não têm um histórico muito “famoso” no que toca à performance, facto este que se alterou com a chegada dos processadores Ivy Bridge.

 

 

Apesar de os GPUs não sere particularmente poderosos são capazes de correr a altas velocidades e contam com funções úteis e especiais, como o Intel QuickSync. No entanto, e para combater ainda mais a concorrência, a Intel decidiu trabalhar ainda mais o poder dos gráficos integrados e nos futuros processadores Haswell este campo irá ver um passo ainda maior do que o que aconteceu com os Ivy Bridge.

 

Para já sabe-se que o iGPU irá contar com 40 unidades de execução, 160 ALU e 4 unidades de textura. Quando comparamos este dados aos dos Ivy Bridge (16 unidades de execução, 64 ALUs e 2 unidades de textura) podemos imaginar o aumento de performance que irão sofrer.